Tem uma conta? Entrar

Vacina contra febre amarela para bebês: Saiba tudo sobre

Compartilhe

A seguir, esclareça suas dúvidas sobre a vacina contra febre amarela para bebês, mães que amamentam e gestantes

Infelizmente, o Brasil está vivendo o maior surto de febre amarela dos últimos 14 anos. Com mais de 70 casos confirmados da doença e mais de 40 mortes. Além do aumento no número de casos, a doença atinge um número maior de Estados e municípios neste ano.

Diante deste surto, uma dúvida que surge entre muitas mães é: devo vacinar meu bebê contra a febre amarela? Bem, saiba que a resposta não é tão simples assim e depende de alguns fatores. “Bebês que residem em áreas onde a vacina contra febre amarela é necessária devem tomar esta vacina a partir dos 9 meses de vida. A primeira dose ocorre aos 9 meses e a segunda dose aos 4 anos”, explica a pediatra Isabella Ballalai, presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações.

A pediatra também explica que em casos de surtos de febre amarela, bebês que vivem em regiões que estão sendo afetadas por estes surtos, podem tomar a vacina a partir dos seis meses de vida. “Mas é importante deixar claro que isso não é uma rotina, é uma situação especial”, destaca Isabella Ballalai.

Saiba que a vacina contra febre amarela NÃO deve ser dada aos bebês antes dos seis meses de vida e nem a mães que amamentam bebês com menos de seis meses de vida. “Bebês com menos de seis meses e mães que amamentam bebês com menos de 6 meses não podem tomar esta vacina. Isto porque o vírus vacinal pode causar efeitos graves nos bebês, semelhante a doença. A mãe também não deve tomar porque o vírus vacinal pode ser transmitido pro bebê pelo leite”, conta Isabella Ballalai.

Não é orientado que bebês que vivem em áreas que não são consideradas de risco tomem a vacina contra a febre amarela. “Neste momento a não ser que a criança ou família vá para uma região de risco, não se recomenda dar esta vacina. A mãe pode ficar tranquila, a vigilância é grande, e em qualquer caso, a situação vai mudar. A vacina da febre amarela, apesar de muito segura, pode ter efeitos graves, então não vacine à toa. Se você de fato tem risco, vacine, se não tem, não vacine”, conclui Isabella Ballalai.

Saiba que a vacina contra febre amarela não é recomendada para as gestantes. Isto porque trata-se de uma vacina feita com o vírus atenuado. “Existe o risco teórico desta vacina fazer mal para o feto. Esta imunização só é dada a gestante quando ela se encontra em uma situação de altíssimo risco de contrair a febre amarela. Mas de maneira nenhuma a vacina contra febre amarela deve ser dada como rotina para as gestantes”, destaca Isabella Ballalai.

Gostou desta postagem? Compartilhe, curta e divulgue para todo mundo. Fonte: Bebê Mamãe Comentem abaixo, tire suas dúvidas, deixe o seu comentário.

Comentários

comentários

Compartilhe

.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close